AMBIÊNCIAS UBÍQUAS FORMATIVAS NA EDUCAÇÃO ON-LINE

Felipe da Silva Ponte de Carvalho, Edmea Santos

Resumo


RESUMO
Nesta pesquisa-formação na cibercultura, analisamos os usos de wikis em atos de currículo na educação on-line. Para isso, propomos atividades de escrita colaborativa com as/os estudantes da disciplina de Informática na Educação do curso de Licenciatura em Pedagogia a distância da UERJ/CEDERJ/UAB. As atividades foram arquitetadas na plataforma Moodle do curso, contam com tutoriais de como criar e usar um wiki, fóruns de discussão e link de acesso à plataforma Wikispaces, espaço para realizar a atividade de escrita colaborativa. Como resultado desta pesquisa em rede, destacamos os seguintes apontamentos: a) as atividades propostas se desdobraram para o grupo da disciplina no Facebook – os/as estudantes o utilizaram para formar grupos e partilhar dúvidas e achados – e para grupos de prática pelo WhatsApp – criados para discutir, negociar e produzir o texto e para trocas de experiências cotidianas –; b) as diversas ambiências acionadas contribuem para a compreensão da formação em contextos ciberculturais expandidos, os quais não estão fora de tensões, dilemas e relações de poder; c) e, por fim, os textos coletivos produzidos são reflexões, partilhas e saberes de si, fragmentos de nossos múltiplos “eus” e de experiências vividas.
Palavras-chave: Escrita colaborativa. Ambiências. Pesquisa-formação na cibercultura.

ABSTRACT
In this research-training in cyberculture, we analyze the uses of wikis in curriculum acts in online education. For this, we propose collaborative writing activities with the students of the discipline of Informatics in Education of the distance education degree course UERJ / CEDERJ / UAB. The activities were architects on the course's Moodle platform, with tutorials on how to create and use a wiki, discussion forums and a link to access the Wikispaces platform, a space to perform the collaborative writing activity. As a result of this network research, we highlight the following notes: a) the proposed activities unfolded for the discipline group on Facebook - the students used it to form groups and share doubts and findings - and for practice groups via WhatsApp - created to discuss, negotiate and produce the text and to exchange daily experiences -; b) the diverse ambiences triggered contribute to the understanding of training in expanded cybercultural contexts, which are not out of tensions, dilemmas and power relations; c) and, finally, the collective texts produced are reflections, shares and knowledge of themselves, fragments of our multiple “selves” and of lived experiences.
Keywords: Collaborative writing. Ambiences. Research-training in cyberculture.


Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.25112/rpr.v2i0.2207

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19