DA MULTIPLICIDADE, DO MULTILETRAMENTO À CONSTRUÇÃO DO SENTIDO: GÊNEROS MULTIMODAIS E PRÁTICAS DISCURSIVAS

Cristiano Oldoni, Ernani Cesar De Freitas

Resumo


A comunicação e a linguagem contemporâneas têm suscitado produtivas reflexões acerca de suas reconfigurações, especialmente em situações em que se vinculam com as noções de gênero e multimodalidade. As vivências discursivas exigem que os envolvidos na dinâmica comunicativa convertam-se em efetivos sujeitos que, por meio das textualidades multissemióticas, estabelecem novas formas de interação e colaboração. Nesse movimento, ao passo em que surge uma nova leitura, marcada pela multiplicidade e por novas tecnologias, surgem também um novo leitor e uma nova necessidade, o hiperletramento. Com esse panorama, o presente estudo propõe como objetivo não somente rediscutir os conceitos apresentados, mas refletir sobre suas associações na tentativa de compreender as inéditas realidades discursivas e as contemporâneas práticas de linguagem. Baseando-se em especial nas contribuições de Bakhtin (2011), Petit (2008), Cope e Kalantzis (2000) e Rojo (2012), o presente artigo apresenta pesquisa qualitativa com abordagem bibliográfica na análise de corpus representado por um videoclipe de abertura de série de entretenimento e aponta para a importante colaboração das multiplicidades no resgate de sentidos projetados pelos gêneros multimodais.

Palavras-chave: Gêneros textuais-discursivos. Leitura; Multimodalidade. Multiletramentos.

 

ABSTRACT

The contemporary communication and language have produced relevant reflections on their reconfigurations, especially in situations where they are linked to genre and multimodality notions. Discursive experiences require from the people involved that they become effective subjects in the communicative dynamic. So, through multisemiotic textualities they establish the latest ways of interaction and collaboration. Thus, as a new reading emerges and it is characterized by the multiplicity and recent technologies, hyperliteracy appears full of necessities. The present study proposes not only rediscuss the concepts presented, but also reflect about their associations. It is important to highlight that this study attempts to understand the unprecedented discursive realities and the contemporary practices of the language. This article presents a qualitative research with a bibliographical approach in the analysis of the corpus which is based on the contributions of Bakhtin (2011), Petit (2008), Cope and Kalantzis (2000) and Rojo (2012). The corpus is represented by an opening video from an entertainment series. Furthermore, this video points to the important collaboration of the multiplicities for the rescue of the senses projected by the multimodal genres.

Keywords: Textual-discursive genres. Reading. Multimodality. Multiliteracy.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rpr.v2i0.1251

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
A Revista Prâksis segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19