SABERES DOCENTES E SUA RELEVÂNCIA NAS AULAS DE HISTÓRIA: UMA ANÁLISE DO USO DO CINEMA COMO RECURSO DIDÁTICO

Vitória Duarte Wingert, Márcia Blanco Cardoso

Resumo


A presente pesquisa propõe-se a discutir o uso do cinema em sala de aula pelos professores de História, e como se dá essa formação e planejamento por parte dos docentes, a partir da teoria de Maurice Tardif. A partir disso foi realizado um estudo com os professores de História da rede municipal de ensino de Campo Bom/RS, reconhecida por espaços de formação continuada e estrutura adequada para utilização de tecnologias em sala de aula. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica, a partir de autores como Ferro, Severo, Schimidt e Napolitano, entre outros, além de pesquisa qualitativa a partir de entrevistas estruturadas. Verificou-se que os professores utilizam esse recurso de variadas e criativas formas, como possibilidades de reflexão e análise de conceitos, épocas e alguns, inclusive, realizando produção fílmica.

Palavras-chave: Ensino de História. Cinema. Cinema em sala de aula. Saberes docentes. Campo Bom - RS.

 

ABSTRACT

The present research proposes to discuss the use of cinema in the classroom by History teachers, and how this graduation and planning by teachers is given, based on the theory of Maurice Tardif. Based on this, a study was carried out with History teachers of Campo Bom/RS municipal school system, recognized for continuing education spaces and adequate structure for use of technologies in the classroom. The methodology used was the bibliographic research, based on authors such as Ferro, Severo, Schimidt and Napolitano, among others, besides qualitative research based on structured interviews. It was verified that the teachers use this resource of varied and creative forms, as possibilities of reflection and analysis of concepts, times and also producing films.

Keywords: History teaching. Movie theater. Cinema in the classroom. Teacher knowledge. Campo Bom - RS.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rpr.v2i0.1127

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
A Revista Prâksis segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19