CULTURA E LITERATURA AFRICANA DE ANGOLA: DIÁLOGOS ININTERRUPTOS

Ana Paula Teixeira Porto

Resumo


Este estudo apresenta reflexões acerca dos diálogos entre literatura angolana e cultura, objetivando mostrar como obras de autores como Manuel dos Santos Lima e Castro Soromenho realizam esse diálogo. A função dada pelos escritores e intelectuais angolanos à literatura é a de um instrumento de registro histórico e linguístico e de perpetuação cultural do país, para além de denúncia e contestação de regimes de opressão vivenciados nesse espaço.

Palavras-chave: Literatura angolana. Cultura. Manuel dos Santos Lima. Castro Soromenho.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rp.v1i0.794

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
A Revista Prâksis segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19