O SERVIÇO SOCIAL EM PROCESSO DE EDUCAÇÃO PERMANENTE NA SAÚDE, GERANDO QUALIDADE DE ATENDIMENTO NO SUS

Ana Elizabeth Germano, Carla Cristiane Freire Corrêa, Cláudia Beatriz Mattia, Fabiana de Moura e Souza, Luciana Gomes de Lima Jacques, Manoela Rodrigues Munhoz, Patrícia De Carlo Fagundes

Resumo


O Programa de Residência Integrada em Saúde da Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (RIS/ ESP/RS) privilegia a união de assistentes sociais de dois diferentes níveis de complexidade, com o intuito de integração entre residentes e preceptores. As discussões nos encontros demonstraram, pelo segundo ano consecutivo, que a dimensão da atuação profissional ultrapassa os muros das instituições. O núcleo de serviço social recebeu um planejamento a partir de aporte teórico com relevância ao aprimoramento cotidiano, a fim de fortalecer a visão ampliada do conceito de saúde, de acordo com Sistema Único de Saúde (Lei 8080/90), e qualificar a intervenção do assistente social no atendimento ao usuário, para potencializar o processo de trabalho a partir de discussões quanto ao cotidiano profissional.

Palavras-chave: Educação. Qualificação Profissional. Processo de Trabalho. Saúde. Serviço Social.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rp.v2i0.673

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
A Revista Prâksis segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19