TESTES METALINGÜÍSTICOS PARA COLETA DE DADOS EM PESQUISAS DE AQUISIÇÃO DE SEGUNDA LÍNGUA

Rosi Ana Gregis

Resumo


Pesquisadores que realizam estudos em Aquisição de Segunda Língua, principalmente os que enfocam questões relacionadas a aspectos gramaticais, necessitam ter cautela na escolha das metodologias empregadas para obtenção dos dados, a partir dos instrumentos aplicados aos sujeitos que, na maioria dos casos, são falantes de nível básico, intermediário ou avançado da língua em questão. Testes de Julgamento Gramatical são, desde meados dos anos 60, os instrumentos mais utilizados nessas pesquisas. Nosso objetivo principal neste artigo é discutir a utilização desses testes, auxiliando pesquisadores, ou até mesmo futuros pesquisadores, a refletir sobre seu uso, entendendo que, embora os testes de julgamento possam apresentar equívocos, eles são uma ferramenta válida e útil em pesquisas sobre Aquisição da Linguagem.

Palavras-chave: Aquisição de Segunda Língua. Metodologia de Pesquisa. Testes de Julgamento Gramatical. L1 (Primeira Língua). L2 (Segunda Língua).


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rp.v1i0.664

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
A Revista Prâksis segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19