APROXIMANDO WITTGENSTEIN E FREIRE POR MEIO DA LINGUAGEM

Heloisa Helena Duval de Azevedo

Resumo


O presente texto faz parte de um projeto desenvolvido junto ao grupo de pesquisa FepráxiS (Filosofia, educação e práxis social) e objetiva discutir a relação entre educação e filosofia examinando a produção teórica de Wittgenstein e Paulo Freire. Wittgenstein é um filósofo com tradição nas áreas de lógica e filosofia da linguagem e pouco estudado na área educacional. Por outro lado, Paulo Freire é estudado e conhecido no âmbito educacional. O texto resgata a origem do modelo racional e, partindo dele, construímos uma gênese histórico-filosófica para nos aproximarmos do ponto de encontro, entre os dois autores. A partir deste encontro postulamos categorias wittgensteinianas que sejam capazes de servir de fundamento para uma releitura da obra de Paulo Freire, bem como apontar para um outro olhar sobre a prática pedagógica freiriana.

Palavras-chave: Wittgenstein. Paulo Freire. Linguagem. Educação.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rp.v1i0.662

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
A Revista Prâksis segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19