ESPERANDO GODOT HOMOLOGIA E CIRCULARIDADE

Marcelo Adams

Resumo


Este artigo analisa a peça Esperando Godot, de Samuel Beckett, sob a luz da teoria de Lucien Goldmann, que emprega a noção de homologia entre a obra de arte e a realidade. Analisa também a circularidade existente na obra de Beckett, a partir da noção de duplo que percorre toda a peça.

Palavras-chave: Teatro do Absurdo, Esperando Godot, homologia, circularidade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
A Revista Prâksis segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19