“MÃOS DADAS”: EXPERIÊNCIA DA DOENÇA EM UM GRUPO DE APOIO AO CÂNCER DE MAMA

Daiane Riva de Almeida, Tonantzin Ribeiro Gonçalves

Resumo


O estudo abordou a experiência de doença de mulheres com câncer de mama no contexto de um grupo de apoio. Tratou-se de estudo qualitativo com base em entrevistas com as mulheres e observações das atividades do grupo de apoio no município de Novo Hamburgo/RS. Foi realizada uma análise de conteúdo qualitativo dos dados. Os resultados mostraram que a participação no grupo potencializava o acolhimento e a troca de experiências, resgatando a autoestima e empoderando as mulheres. Evidenciaram-se também dificuldades quanto à articulação do grupo com gestores e redes de atenção à saúde, que, muitas vezes, não acolhiam suas demandas e seu protagonismo por uma atenção mais integral e humanizada às mulheres com câncer de mama. A ação efetiva das políticas e dos serviços de saúde com redes de apoio da comunidade ainda é um desafio na área da saúde da mulher.

Palavras-chave: Câncer de mama. Empoderamento. Apoio social. Grupo de apoio.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rp.v2i0.400

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
A Revista Prâksis segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19