A RELAÇÃO DO BRINQUEDO COM A EDUCAÇÃO

Raquel Dilly

Resumo


Este artigo tem como objetivo trazer algumas reflexões sobre a relação que podemos estabelecer entre o brinquedo e a educação. Para iniciar a reflexão, procura-se compreender como essas relações se estabelecem a partir de sistemas de significados, que se constroem e se reconstroem constante e diferentemente dentro de cada grupo social e cultural. Buscaram-se algumas referências historiográficas para situar a inserção do brinquedo como atividade lúdica na educação, estabelecendo a sua relação com a visão de infância, de criança e de função educativa dentro de diferentes contextos. Por fim, reflete-se como essa relação se estabelece hoje, numa sociedade marcada pela globalização, comunicação e multiplicação de brinquedos, procurando analisar criticamente o efeito dessa relação na forma de se ver e ser criança.

Palavras-chave: Brinquedo. Educação. Infância. Criança. Cultura.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rp.v2i0.389

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
A Revista Prâksis segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19