CONCEPÇÕES E PRÁTICAS EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL DOS AGENTES DE COMBATE A ENDEMIAS NO MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO/RS

Roberta Soares da Rosa, Janaína Agostini Braido, Vanessa Hernandez Caporlingua

Resumo


Este estudo apresenta as concepções e práticas de Agentes de Combate a Endemias município de Novo Hamburgo/RS, bem como reflexões acerca daquelas, com o objetivo de rever a metodologia do trabalho realizado, sob a ótica da Educação Ambiental (EA) crítica, contribuindo para inovação e atualização do Programa Nacional de Combate à Dengue – PNCD. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo, com a utilização de metodologias participativas, tendo como referência a EA crítica descritas por Marcos Reigota, Philippe Pomier Layragues e Mauro Guimarães. A pesquisa teve como questão central se os Agentes de Combate a Endemias do município de Novo Hamburgo desenvolvem seu trabalho na perspectiva da EA crítica. Os resultados apontaram que a maioria dos agentes apresenta uma concepção de meio ambiente antropocêntrica e naturalista, o que dificulta a realização de ações no sentido da EA crítica. Após palestras e rodas de conversas acerca dos fundamentos da EA, foram sugeridas algumas mudanças na forma de trabalho, como ações em rede entre as diferentes políticas no município, bem como pistas para uma revisão das ações do Programa Nacional de Combate à Dengue que levem ao seu desenvolvimento na perspectiva de uma EA crítica, com resultados no combate ao Aedes aegypti mais satisfatórios.
Palavras-chave: Aedes aegypti. Educação Ambiental Crítica. Educação em Saúde.

ABSTRACT
This study presents the conceptions and practices of Agents of Combat to Endemias in the municipality of Novo Hamburgo / RS. As well as reflections about those, with the objective of reviewing the methodology of the work done, from the point of view of Environmental Education (EA) critical, contributing to innovation and updating of the National Program to Combat Dengue - PNCD. It is a qualitative research, using participatory methodologies, using as reference the critical EA described by Marcos Reigota, Philippe Pomier Layragues and Mauro Guimarães. The research had as central question if the Agents of Endemias Fight of the municipality of Novo Hamburgo develop their work in the perspective of the critical EA. The results showed that most of the agents present a conception of anthropocentric and naturalistic environment, which makes it difficult to perform actions in the sense of critical EA. After conferences and discussions about the fundamentals of EA, some changes in the way of work were suggested, such as network actions between the different policies in the municipality, as well as clues for a review of the actions of the National Program to Combat Dengue that lead to its development in the perspective of a critical AE, with results in the more satisfactory Aedes aegypti.
Keywords: Aedes aegypti. Critical Environmental Education. Health education.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rpr.v1i0.2021

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19