AS POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS DO PAR PARA A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO CAMPO EM VITÓRIA DA CONQUISTA/BA

Arlete Ramos dos Santos, Elisângela Andrade Moreira Cardoso

Resumo


Este artigo apresenta um recorte da pesquisa em andamento intitulada “Políticas públicas educacionais do Plano de Ações Articuladas – PAR, em municípios da Bahia”, a saber: Vitória da Conquista, Itabuna e Ilhéus, que tem como objetivo identificar e analisar as políticas públicas educacionais que compõem o PAR nesses municípios. Todavia, para fins desse texto, recortamos apenas o município de Vitória da Conquista. Para tanto, utilizamos como metodologia a revisão bibliográfica para conceituar as políticas públicas conquistadas pelos Movimentos Sociais do Campo e suas contribuições para a educação campesina, além de fontes documentais como as legislações referentes à temática em questão e a proposta para a formação dos professores que atuam nas escolas municipais do campo, no município mencionado. Após as leituras e análises realizadas, constatamos que a política de formação de professor vem ganhando fôlego no cenário nacional, e que a partir dos anos de 1996, com a instituição da nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDBEN, nº 9.394/96, através do Artigo 28 e das Diretrizes Operacionais para a Educação do Campo, CNE/CEB 01/2002, uma nova esperança emerge para estes sujeitos. Mas, apesar dessa gênese ter provocado uma série de lutas e conquistas dos trabalhadores rurais, que se lançaram como protagonistas na luta por terra, trabalho e educação, o município de Vitória da Conquista precisa repensar as ações políticas para a formação dos professores que sejam direcionadas para a realidade do ensino público municipal campesino.

Palavras-chave:Educação do Campo. Formação de Professores. Plano de Ações Articuladas. Políticas Educacionais.

 

ABSTRACT

This article presents a fragment of the ongoing research entitled "Educational public policies of the Articulated Action Plan - PAR in Bahia municipalities", namely: Vitória da Conquista, Itabuna and Ilhéus, which aims to identify and analyze the public educational policies that make up the PAR in these municipalities. However, for the purpose of this text, only the municipality, mentioned is approached. To do so, one uses the method of bibliographical review to conceptualize the public policies conquered by the Social Movements of the Field and its contributions to education of rural workers and documentary sources such as the legislations referring to the subject matter and the proposal for the training of teachers who work in schools in the municipality of Vitoria da Conquista is approached. After the readings and analyses carried out, one verified that the policy of teacher training has been gaining ground in the national scenario, and since 1996, with the institution of the new Law on the Guidelines and Bases of National Education - LDBEN, nº 9.394 / 96 , Through Article 28 and the Operational Guidelines for Field Education, CNE / CEB 01/2002, a new hope emerges for these subjects, but despite the fact that this genesis provoked a series of struggles and conquests of the rural workers who launched themselves as protagonists in the struggle for land, work and education, the municipality of Vitoria da Conquista needs to rethink the political actions for the training of teachers that are directed to the reality of municipal public education.

Keywords:Rural Education. Teacher training. Articulated Stock Plan. Educational Policies.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rpr.v1i0.1171

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-1112 
ISSN versão eletrônica: 2448-1939

Licença Creative Commons
A Revista Prâksis segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19