PARA QUEM O “INVERNO É TUDO DE BOM”? SOBRE UMA DIDÁTICA DO CONSUMIDOR-CIDADÃO

ON A DIDACTICS OF THE CONSUMER CITIZEN

Autores

  • Luis Fernando Lazzarin Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.25112/rco.v3.2712

Palavras-chave:

Pedagogias da Mídia, Cidadania, Consumo

Resumo

Este artigo problematiza as estratégias presentes no vídeo institucional veiculado pela RBS TV e intitulado “Inverno é tudo de bom”, que apresenta uma versão das relações culturais contemporâneas mediadas pelo consumo. Busca possibilidades de criar modos alternativos de abordar a formação pedagógica, que dizem respeito não somente ao que está instituído na e pela escola, mas também ao que circula em outros espaços pedagógicos. O objetivo é questionar as formas como diferentes instâncias (principalmente a mídia e a publicidade) vêm produzindo cidadãos aptos para o mercado e para o consumo. Nesse sentido, a análise leva a entender como a narrativa apresentada no vídeo, constituída na articulação entre imagens e canção, endereça ao espectador, com um didatismo próprio, um modelo de comportamento desejável a um indivíduo que deve conhecer e legitimar seu lugar, simultaneamente como participante ativo do mercado e como um cidadão que se reconhece justificado moralmente em seu papel na sociedade.

Biografia do Autor

Luis Fernando Lazzarin, Universidade Federal de Santa Maria

Doutor pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Porto Alegre/Brasil). Professor associado da Universidade Federal de Santa Maria (Santa Maria/Brasil). E-mail: fernando.lazza@gmail.com

Referências

AGAMBEN, G. O que é um dispositivo? In: AGAMBEN, G. (Org.). O que é o contemporâneo? E outros ensaios. Chapecó: Argos, 2010. p. 55-76.

BALL, S. Diretrizes Políticas Globais e Relações Políticas Locais em Educação. Currículo sem Fronteiras, v. 1, n. 2, p. 99-116, Jul/Dez 2001.

CASARA, R. Estado pós-democrático. Neo-obscurantismo e gestão dos indesejáveis. Rio de Janeiro : Civilização Brasileira, 2018.

COSTA, M.; ANDRADE, P. D. de. Na produtiva confluência entre educação e comunicação, as pedagogias culturais contemporâneas. Perspectiva, Florianópolis, v. 33, n. 2, p. 843 - 862, maio/ago. 2015.

ELSWORTH, E. Modos de endereçamento: uma coisa de cinema, uma coisa de educação também. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (org.). Nunca fomos humanos: nos rastros do sujeito. Belo Horizonte: Autêntica, 2001. p. 7-76.

FISCHER, R. O estatuto pedagógico da mída: questões de análise. In: Educação e Realidade, Porto Alegre: UFRGS, v. 22, n. 2, p. 59-78, 1997.

FISCHER, R. O dispositivo pedagógico da mídia: modos de educar na (e pela) TV. In: Educação e Pesquisa, vol. 28, núm. 1, janeiro-junho, p. 151-162, 2002.

GARCIA CANCLINI, N. Diferentes, desiguais, desconectados. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2007.

GARCIA CANCLINI, N. Consumidores e cidadãos. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2008.

KELLNER, D. Lendo imagens criticamente: em direção a uma pedagogia pós-moderna. In: SILVA, T. T. da. Alienígenas na sala de aula (org.). Petrópolis: Vozes, 2005, p. 101-127.

LARROSA, Jo. Tecnologias do eu e educação. In: SILVA, Tomaz Tadeu da. O sujeito da educação. Petrópolis: Vozes, 1994. p. 35-86.

LAZZARIN, L. F.; LARRUSCAIN, E. O palco como escritório: aprender a ser empreendedor na Vertente da Canção Estudantil de Santana do Livramento-RS. In: LUNARDI-LAZZARIN; MENEZES, E.; LAZZARIN, L. F. (Org.). Diferença, educação e cultura: ressonâncias na escola contemporânea. Curitiba: Appris, 2018. p. 151-168.

UNESCO. Educação para a cidadania global. Disponível em: http://www.unesco.org/new/fileadmin/MULTIMEDIA/FIELD/Brasilia/pdf/brz_ed_global_citizenchip_brochure_pt_2015.pdf. Acesso em: 01 jun. 21.

VEIGA-NETO, A. Mais uma Lição: sindemia covídica e educação. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 45, n. 4, e109337, 2020.

Downloads

Publicado

2021-10-01

Como Citar

Lazzarin, L. F. (2021). PARA QUEM O “INVERNO É TUDO DE BOM”? SOBRE UMA DIDÁTICA DO CONSUMIDOR-CIDADÃO: ON A DIDACTICS OF THE CONSUMER CITIZEN. Revista Conhecimento Online, 3, 69–81. https://doi.org/10.25112/rco.v3.2712

Edição

Seção

Dossiê