A INCLUSÃO SOCIAL ATRAVÉS DA MÚSICA NO BRASIL DOS ANOS 30: SAMBA, BATUCADA E CARMEN MIRANDA COMO REPRESENTAÇÕES NACIONAIS

Alessander Kerber

Resumo


No presente artigo, focalizo a inclusão de grupos populares na nação brasileira, ocorrida nos anos 30, através de uma análise da associação feita, na época, entre representações das identidades destes grupos com a identidade nacional. Especificamente utilizo, como fontes, os sambas da época, especialmente os gravados pela cantora Carmen Miranda, considerada a mais popularmente famosa de seu tempo, para tal análise.

Palavras-chave: Identidade nacional brasileira, representações, inclusão.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rp.v1i0.521

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão eletrônica: 2448-1939
ISSN versão impressa: 1807-1112 

Licença Creative Commons
A Revista Prâksis segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Prâksis - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).