RESISTÊNCIA A CORROSÃO EM DIFERENTES TRATAMENTOS DE SUPERFÍCIE SOBRE LIGAS DE ZINCO UTILIZADOS EM METAIS SANITÁRIOS

Suzan Arnold, Sandra Raquel Kunst, Luciane Taís Fuhr, Cláudia Trindade Oliveira

Resumo


Entre as ligas não ferrosas, as ligas de zamac são as mais utilizadas para a fundição e vêm sendo aplicadas na substituição de peças de latão, utilizadas industrialmente em metais sanitários. O zamac apresenta propriedades mecânicas semelhantes às do latão, porém com custo inferior. Entretanto, a alta porosidade destas ligas, impede que tratamentos superficiais garantam bom acabamento e resistência à corrosão. Visando melhorar o desempenho, frente à corrosão de peças de zamac, o objetivo do presente trabalho é avaliar o processo de diferentes tratamentos de superfície dos metais sanitários produzidos em zamac. As amostras foram injetadas sobre pressão e submetidas a diferentes tratamentos superficiais (tratamento mecânico, tratamento químico, cobre alcalino, cobre ácido, níquel, cromo). Os corpos de prova foram expostos a um meio agressivo, por meio de nevoa salina a fim de analisar a resistência à corrosão das peças, além de análises de polarização, metalografia e microdureza. Observou-se que a maior incidência de corrosão ocorreu nas partes de injeção e solda da peça, as amostras tratadas com níquel e cromo demonstraram o melhor desemprenho frente a resistência a corrosão.
Palavras-chave: Zamac. Metais sanitários. Corrosão.

ABSTRACT
Among the non ferrous alloys, zamak are the most used for casting and have been applied to substitute brass parts, industrially utilized in sanitary metals. The zamak presents mechanical properties similar to brass, however with lower cost. Meanwhile, the high porosity of these alloys hinders the superficial treatments ensure good finishing and corrosion resistance. Aiming to improve the performance against corrosion of zamak parts, this work evaluates the process of different superficial treatments of sanitary metals produced with zamak. The samples were injected under pressure and submitted to different superficial treatments (mechanical, chemical, alkaline copper, acid copper, nickel and chromium). The specimens were exposed to an aggressive medium through salt spray test to evaluate the corrosion resistance, and the following analysis: polarization, metallography and microhardness. It was observed that the higher corrosion incidence occurred on the injection and weld regions. The samples treated with nickel and chromium demonstrated better performance of corrosion resistance.
Keywords: Zamak. Sanitary materials. Corrosion.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rtt.v10i2.1899

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

p-ISSN: 1679-169X
e-ISSN: 2357-8610 

Licença Creative Commons
Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Tecnologia e Tendências - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19