CONCRETO REFORÇADO COM RESÍDUO TÊXTIL ORIUNDO DA PRODUÇÃO DE PNEU

Letícia Andreolli Dias, Daiana Cristina Metz Arnold, Fernanda Boll Birck, Adriana Teresinha Silva

Resumo


A construção civil está em busca constante de materiais alternativos que supram as solicitações exigidas nas estruturas das edificações. Nesse contexto, as fibras têxteis residuais podem ser uma alternativa para as matrizes cimentícias como reforço estrutural contra a fissuração localizada, uma vez que o concreto armado é incapaz de absorvê-las. Por sua vez, a indústria de pneus gera grandes quantidades de resíduos têxteis que são destinados aos aterros sanitários, causando graves impactos ao meio ambiente. Nesse sentido, esta pesquisa buscou avaliar a viabilidade da incorporação de resíduo têxtil em forma de fibras, em concretos, visando aumentar a capacidade de deformação e o controle da fissuração. Para tanto, confeccionou-se um traço 1:2,21:3,21 (cimento:areia:brita) e incorporou-se as fibras nos teores de 2,7 e 3,6 Kg/m³ sobre o volume do concreto. Para caracterização das fibras foi verificada a geometria, o comprimento, o fator de forma e o diâmetro médio. No estado fresco do concreto, analisou-se a influência das fibras quanto à trabalhabilidade e a massa específica. Após, no estado endurecido, avaliou-se a densidade de massa, a resistência à compressão, a resistência à tração por compressão diametral e a resistência ao impacto. Além disso, verificou-se a forma de aderência e de ruptura da fibra na matriz cimentícia através do microscópio óptico. Deste modo, os resultados apontam viabilidade da incorporação de fibra têxtil em matrizes cimentícias, visto que estas diminuiram a fissuração localizada e auxiliaram na absorção de impactos no concreto, porém por se tratar de um assunto inovador, deve-se realizar mais estudos para que o compósito possa ser efetivamente utilizado na construção civil.
Palavras-chave: Concreto. Resíduo têxtil. Fissuras localizadas.

ABSTRACT
The civil construction is constantly seeking for alternative materials that meet the requirements of the buildings structures. In this context, residual textile fibers may be an option for cement matrix as a structural reinforcement against the localized cracking, considering that the reinforced concrete is unable to absorb them. With regard, the tire industry generates substantial amounts of textile waste that is destined for landfill sites, causing massive impacts to the environment. In this sense, this research sought to evaluate the feasibility of the incorporation of textile waste in the fibers form, in concrete, aiming to increase the deformation capacity and the control of cracking. In order to do so, the trace 1: 2,21: 3,21 (cement: sand: gravel) was made and the fibers were incorporated in the contents of 2.7 and 3.6 kg / m³ on the volume of the concrete. For characterization of the fibers, the geometry, length, shape factor and average diameter were verified. In the fresh state of the concrete, it was analyzed the influence of the fibers on the workability and the specific mass. Later, in the hardened state, the mass density, compressive strength, diametral compression tensile strength and impact strength were evaluated. In addition to that, the adhesion and rupture of the fiber in the cementitious matrix ware checked through the optical microscope. Thus, the results indicate the feasibility of the incorporation of textile fiber in cementitious matrixes, since these reduced the localized cracking and helped in the absorption of impacts in the concrete; however, since it is an innovative subject, more studies may be done so that the composite can be used in civil construction.
Keywords: Concrete. Textile residue. Localized cracks.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rtt.v10i1.1509

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

p-ISSN: 1679-169X
e-ISSN: 2357-8610 

Licença Creative Commons
A Revista Tecnologia e Tendências segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Tecnologia e Tendências - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19