ALÉM DAS RUAS: IMAGINAÇÃO E ESPAÇOS DA CIDADE PELO SKATE

Guilherme Michelotto Böes

Resumo


As cidades metropolitanas estão inscritas nas novas formas de uso público urbano entre as práticas que desafiam as representações culturais e sociais, configurações dos espaços urbanos representados pela arquitetura das cidades que moldam os espaços. Essas modificações apontam a mudança histórica da representação entre os indivíduos sociais. Devemos identificar os desafios com que as codificações dos espaços culturais da cidade se encontram em suas novas propriedades de direito de uso e manifestação social, já que produzem narrativas que alteram a produção dos espaços na inscrição de identidade social. Práticas cotidianas possibilitam situações, essas com que deparamos na forma de organização social da cidade, tanto formalmente ou informalmente administrada, o local da estrutura dos sistemas de valores na referência ao espaço/tempo de ser utilizado. As ruas imaginadas, apropriadas pelos skatistas, como narrativa da prática cotidiana nos espaços públicos urbanos, que cada vez mais são abandonados em detrimento aos espaços privados. Desse modo, pode o skate trazer a discussão sobre o urbano, apontando que as identidades culturais nos espaços públicos estão longe da percepção ilícita de práticas culturais urbanas. Assim o skate pode então encontrar o diálogo entre a imaginação da experiência urbana contemporânea nas ruas das cidades.

Texto completo:

PDF

Referências


AGIER, Michel. Antropologia da cidade: lugares, situações, movimentos. São Paulo: Terceiro Nome, 2011.

BASTOS, Billy Graeff. Estilo de vida e trajetórias sociais de skatistas: da “vizinhança” ao “corre”. Porto Alegre. Dissertação (Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciências do movimento humano. Escola de Ed. Física da UFRGS). 2006.

CALDEIRA, Teresa Pires do Rio. Novas visibilidades e configurações do espaço público em São Paulo. Trad. Claudio Alves Marcondes. Revista Novos Estudo, n.94, novembro 2012. Disponível em: . [consultado em setembro 2015].

CORNEJO, Miguel; CERDA, Gamal; VILLALOBOS, Alejandro. El skate uma practica deportiva de tranversalidad sociocultural en los jóvenes chilenos: los jóvenes de Concepción – Talcahuano Chile. In: Skate e skatistas: questões contemporâneas. [org. Leonardo Brandão e Tony Honorato]. Londrina: UEL, 2012.

DAVIS, Mike. Cidade de quartzo: escavando o futuro de Los Angeles. Trad. Marco Rocha e Renato Aguiar. São Paulo: Boitempo, 2009.

HANNERZ, Ulf. Explorando a cidade: em busca de uma antropologia urbana. Trad. Vera Jocelyne. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015.

MAGNANI CANTOR, José Guilherme. De perto e de dentro: notas para uma etnografia urbana. Revista Brasileira de Ciências Sociais, vol. 17, n°49, fev. 2002. p. 11-28 Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais. São Paulo, Brasil.

PEREIRA, Alexandre Barbosa. De “rolê” pela cidade: os “pixadores” em São Paulo. São Paulo. Dissertação (Mestrado FFLCH/USP). 2005.

SANTOS, Milton. O retorno do território. In: Território globalização e fragmentação. Organização Milton Santos, Maria Adélia de Souza, Maria Laura Silveira. 4ªed. São Paulo: Hucitec, 1998. Pp. 15-20.

SANTOS, Milton. Por uma geografia nova. São Paulo: HUCITEC; EDUSP, 1977.

SOJA, Edward S. O desenvolvimento pós-moderno nos EUA: virando Los Angeles pelo avesso. In: Território globalização e fragmentação. Organização Milton Santos, Maria Adélia de Souza, Maria Laura Silveira. 4ªed. São Paulo: Hucitec, 1998. Pp. 154-168.




DOI: https://doi.org/10.25112/rgd.v13i1.359

Apontamentos



...........................................................................................................................................................................................................................

Principais indexadores:

Web of Science          Redalyc          Periódicos da Capes          Redib          Doaj          Ebsco          Erihplus          Latindex

............................................................................................................................................................................................................................

ISSN versão impressa: 1807-5436
ISSN versão eletrônica: 2446-6875

Licença Creative Commons
A Revista Gestão e Desenvolvimento segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Gestão e Desenvolvimento - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 15/08/19