NAS TEIAS DA (RE)SIGNIFICAÇÃO: A VIDA SOCIAL DAS ROUPAS E A DINAMICIDADE DO MERCADO DE SEGUNDA MÃO

Autores

  • Marcelo de Rezende Pinto Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Ronan Leandro Zampier Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)
  • Patrícia Daniela Souza dos Anjos Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Bruno Medeiros Ássimos Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.25112/rgd.v18i1.2289

Resumo

RESUMO

Este artigo relata resultados de uma pesquisa que buscou compreender as práticas socioculturais e os processos simbólicos presentes nas redes de significações relacionadas às roupas usadas no contexto de comunidades de baixa renda a partir da interação de diversos públicos, como “sacoleiras”, donos de brechós, doadores de roupas, consumidores e organizadores de bazares. Por meio de observação e 25 entrevistas em profundidade, conduzidas com indivíduos pertencentes a esses grupos e à luz da literatura sobre a cultura material e a vida social das coisas, chegamos à proposição de um esquema no qual foi possível articular diversas questões envolvendo a dinamicidade do mercado de roupas de segunda mão no contexto das comunidades de baixa renda. Nos diversos ciclos percebidos nessa dinâmica, cujos elementos centrais são o descarte e a compra, venda e empréstimo dessas roupas, relações sociais podem ser (re)construídas e significados culturais e simbólicos são continuamente (re)modelados, o que parece ser algo revelador para o campo da cultura e consumo.

Palavras-chave: Cultura Material. Vida Social das Coisas. Roupas Usadas.

 

ABSTRACT

This paper reports the results of a research that sought to understand the socio-cultural practices and symbolic processes present in the networks of meanings related to clothes used in the context of low-income communities through the interaction of different audiences such as “sacoleiras”, owners of thrift stores, donors clothing, consumers and bazaar organizers. Through observation and 25 in-depth interviews conducted with individuals belonging to these groups and in the light of the literature on the material culture and the social life of things, we arrived at the proposition of one of a scheme in which it was possible to articulate several issues involving dynamics second-hand clothing market in the context of low-income communities. In the various cycles perceived in this dynamic, whose central elements are the disposal and purchase, sale, loan of these clothes, social relations can be (re) constructed and cultural and symbolic meanings are continually (re) modeled, which seems to be something revealing for the field of culture and consumption.

Key-words: Material Culture. Social Life of Things. Used Clothes.

Biografia do Autor

Marcelo de Rezende Pinto, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Doutor em Administração pela UFMG. Professor do Programa de Pós-graduação em Administração da PUC Minas

Ronan Leandro Zampier, Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)

Doutor em Economia Doméstica pela Universidade Federal de Viçosa. Professor da Universidade Estadual de Minas Gerais

Patrícia Daniela Souza dos Anjos, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Mestranda em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Bruno Medeiros Ássimos, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Doutorando em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Downloads

Publicado

2021-03-12