DESENVOLVIMENTO DE LESÕES POR PRESSÃO EM PACIENTES ACAMADOS: A PERCEPÇÃO DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE

Camila Lopes, Michele Barth, Alice Duk de Azevedo, Tcheice Laís Zwirtes, Jacinta Sidegum Renner

Resumo


RESUMO
As lesões por pressão são um grande problema de saúde no âmbito hospitalar, principalmente nas unidades de terapia intensiva. Assim, o objetivo do presente estudo foi verificar a percepção de profissionais da área da saúde que atuam em ambiente hospitalar sobre os fatores que predispõem os pacientes acamados ao desenvolvimento de lesões por pressão e quais as medidas adotadas para a prevenção. O estudo é de natureza aplicada e de caráter observacional descritivo, realizado sob o paradigma qualitativo. O campo de estudo foi um hospital situado no Vale do Caí, RS. Como ferramenta de coleta de dados foi realizada uma entrevista semiestruturada, junto a 6 profissionais da área da saúde. A análise dos resultados das entrevistas ocorreu a partir do método de categorização, que evidenciou cinco categorias, sendo estas as que mais chamaram a atenção: a mudança de decúbito e a falta de comprometimento com os cuidados de prevenção. Desta forma, entende-se que seriam necessárias ainda mais práticas de incentivo com os profissionais da área da saúde, para que os mesmos realizem de forma correta todas as medidas de prevenção das lesões por pressão, podendo assim diminuir também os gastos hospitalares.
Palavras-chave: Fatores de risco. Lesões por pressão. Prevenção. Saúde.

ABSTRACT
Pressure injuries are a major health problem in the hospital setting, especially in intensive care units. Thus, the objective of the present study was to verify the perception of health professionals working in the hospital environment about the factors that predispose the development of pressure injuries in bedridden patients, and what measures are adopted for prevention. The study is developed through applied research and has a descriptive observational method, being performed under the qualitative paradigm. The field of study was in a hospital located in Vale do Caí, RS. As a data collection tool, a semi-structured interview was conducted with 6 health professionals. The analysis of the interview results was based on the categorization method, which revealed five categories, being the ones that attracted attention the most: the change of position and the lack of commitment to prevention care. Therefore, it is understood that further incentive practices would be necessary with health professionals, so that they can correctly perform all measures of prevention of pressure injuries, thereby reducing hospital expenses.
Keywords: Risk factors. Pressure injuries. Prevention. Health.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25112/rco.v3i0.1819

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

Principais indexadores/diretórios: 

Scopus          Redalyc          Periódicos da Capes          Redib          Doaj          Ebsco          Erihplus          Latindex  

............................................................................................................................................................................................................................
 

e-ISSN: 2176-8501

Licença Creative Commons
A Revista Conhecimento Online segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Conhecimento Online - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19