HÁBITOS ALIMENTARES, SAÚDE E CULTURA: O OLHAR DE PROFISSIONAIS DA NUTRIÇÃO EM UMA CIDADE DE COLONIZAÇÃO ITALIANA

Patrícia Fasolo Romani, Marlene Neves Strey

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de um dos estudos propostos na tese de doutorado em psicologia social intitulada “Alimentação, Cultura e Afeto: um estudo de gênero e etnia”. Trata-se de uma pesquisa qualitativa descritiva, de cunho exploratório, composta por uma entrevista semiestruturada. O objetivo principal foi investigar a percepção de nutricionistas acerca dos fatores que influenciam o processo de reeducação alimentar de suas pacientes, residentes em uma cidade de colonização italiana, no interior do Rio grande do Sul. A discussão foi conduzida a partir dos estudos de gênero e das representações sociais e os dados obtidos passaram por uma análise de conteúdo temática. Dentre as principais informações encontradas, estão o grande impacto das emoções na quantidade e na qualidade da ingestão alimentar e a relação direta entre afetividade e alimento, associados aos simbolismos que a comida possui nessa cultura em especial.

 


Palavras-chave


: Alimento. Cultura; Emoções; Gênero; Representações Sociais.

Texto completo:

PDF

Referências


ABBES, Priscila Trapp et al. Sedentarismo e variáveis clínico-metabólicas associadas à obesidade em adolescentes. Rev. Nutr., Campinas: v. 24, n. 4, p. 529-538, jul./aug, 2011. Disponível em < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732011000400002>.

AGUADO, Carmen. Mujer y Medios de Comunicación: riesgos para la salud. Transtornos de la conducta alimentaria, n. 1, 2005

AMOR, Leticia Álvarez; ROLDÁN, María José Aguaded; CABRERA, Mercedes Ezquerra. La alimentación familiar. Influencia en el desarrollo y mantenimiento de los trastornos de la conducta alimentaria. Trastornos de la Conducta Alimentaria, v. 19, p. 2051-2069, 2014. Disponívl em < http://www.tcasevilla.com/archivos/alimentacion_familiar_y_tca.pdf>.

ARNAIZ, Mabel Gracia. Em direção a uma Nova Ordem Alimentar? In: CANESQUI, Ana Maria; GARCIA, Rosa Wanda Diez, (ORG.) Antropologia e Nutrição: um diálogo possível. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2005.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1997.

CABRERA, Maria Dolores Molini. Repercusiones de La comida rápida en La sociedad. Transtornos de la conducta alimentaria, v. 6, p. 635-659, 2007. Disponível em .

CARELS, Robert A, et al. Can following the caloric restriction recommendations from the dietary guidelines for americans help individuals lose weight? Eating Behaviours, v. 9, n. 3, p. 328-335, 2008.

DANIEL, Jungia Maria Pimentel; CRAVO, Veraluz Zicarelli. Valor Social e Cultural da Alimentação. In: CANESQUI, Ana Maria; GARCIA, Rosa Wanda Diez, (ORG.) Antropologia e Nutrição: um diálogo possível. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2005.

DEMÉTRIO, Franklin et al. A nutrição clínica ampliada e a humanização da relação nutricionista-paciente: contribuições para reflexão. Rev. Nutr., v. 24, n. 5, p. 743-763, set/out, 2011. Disponível em < https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/14983/1/Jana%C3%ADna%20Braga%20de%20Paiva.pdf>.

FERREIRA, Filipa Pimenta et al. Obesidade: Prevalência, Causas e Consequências. In: Viana, Terezinha de Camargo; Leal, Isabel, (ORG.) Sintomas Alimentares, Cultura, Corpo e Obesidade: questões clínicas e de avaliação. Lisboa: Placebo, 2013.

FERREIRA, Vanessa; WANDERLEY, Emanuela. Obesidade: uma perspectiva plural. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro: v. 15, n. 1, p.185-194, jan. 2010. Disponível em < http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000100024&lng=en&nrm=iso>.

GARCIA, Rosa Wanda Diez. A Antropologia Aplicada às Diferentes Áreas da Nutrição. In: CANESQUI, Ana Maria; GARCIA, Rosa Wanda Diez, (ORG.) Antropologia e Nutrição: um diálogo possível. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2005.

GARCIA, Rosa Wanda Diez. Práticas Alimentares do Comensal Urbano. In: CANESQUI, Ana Maria; GARCIA, Rosa Wanda Diez, (ORG.) Antropologia e Nutrição: um diálogo possível. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2005.

HERÉDIA Teresa; BERNARDA, Leonor Melo. Nutrição e Alimentação na Prática Clínica. In: Viana, Terezinha de Camargo; Leal, Isabel, (ORG.) Sintomas Alimentares, Cultura, Corpo e Obesidade: Questões clínicas e de avaliação. Lisboa: Placebo, 2013.

HERZLICH, Claudine. A problemática da representação social e sua utilidade no campo da doença. Physis: Revista de Saúde Coletiva, v. 1, n. 2, p. 23-36, 1991.Disponível em < http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-73311991000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>

LIPOVETSKY, Gilles. Sedução, Publicidade e Pós-Modernidade. Revista FAMECOS, Porto Alegre, v. 7 n. 12, 2000.

LUTZ CONDÉ DE CASTRO, Laise. O FEMINISMO ESTÁ NA MODA: AS CAPAS DO MANIFESTO FEMINISTA DA REVISTA ELLE BRASIL. Prâksis, Novo Hamburgo, v. 1, p. 37-50, may 2017. ISSN 2448-1939. Disponível em:

MARTINS, Márcia Cristina Teixeira et al. Ortorexia nervosa: reflexões sobre um novo conceito. Rev. Nutr. v. 24, n. 2, p. 345-357, mar/abr, 2011. Disponível em < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732011000200015&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>.

MARTINS, Viviane. Valores Estéticos e Estigmas Sociais Ligados ao Culto à Beleza. Revista Científica Intr@ciência, n. 1, nov, 2010. Disponível em < http://www.faculdadedoguaruja.edu.br/revista/downloads/edicao22010/valores%20esteticos_3.pdf>.

MOSCOVICI, Serge. Representações Sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis: Vozes, 2011.

OCHOA, Santiago, et al. Educación nutricional en el proceso de confección de una dieta en pacientes con trastorno de la conducta alimentaria. Trastornos de la Conducta Alimentaria, n.19, 2014.

OLIVEIRA, Irismar Reis; ROSÁRIO, Maria Conceição; MIGUEL, Eurípides Constantino. Princípios e Prática em Transtornos do Espectro Obsessivo-Compulsivo. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.

PATEL, Kushal A.; SCHLUNDT, David. Impact of mood and social context on eating behavior. Appetite, v. 36, n. 2, p. 239-254, 2001.

POPE, Catherine; MAYS, Nicholas. Pesquisa qualitativa na atenção à saúde. Porto Alegre: Artmed, 2009.

ROCHA, Ana Luiza Carvalho da; SHIMODA, Aline Ramos Barros. O QUE O JAPÃO FAZ AQUI? UM OLHAR INTERDISCIPLINAR EM MEIO O PATRIMÔNIO CULTURAL ALIMENTAR DA COZINHA JAPONESA. Prâksis, Novo Hamburgo, v. 1, p. 105-110, jan. 2014. Disponível em:

ROSSI, Lucía. Historia del comer. Lazo social y tradición cultural. Intersecciones Psi, v. 3, n.7, p. 16-18, jun, 2013. Disponível em < http://intersecciones.psi.uba.ar/index.php?option=com_content&view=article&id=195:historia-del-comer-lazo-social-y-tradicion-cultural&catid=10:vigencia&Itemid=28>.

SANTOS, Ligia Amparo da Silva. O corpo, o comer e a comida: um estudo sobre as práticas corporais alimentares cotidianas no mundo contemporâneo. Salvador: EDUFBA, 2008.

SANTOS, Miriam Oliveira; ZANINI, Maria Catarina C. Comida e simbolismo entre imigrantes italianos no Rio Grande do Sul (Brasil). Caderno Espaço Feminino, v. 19, n. 1, p. 255-285, 2008. Disponível em < http://www.seer.ufu.br/index.php/neguem/article/view/2111/1732>.

SEVERIANO, Maria de Fátima Vieira; REGO, Mariana Oliveira do; MONTEFUSCO, Érica Vila Real. O corpo idealizado de consumo: paradoxos da hipermodernidade. Revista Mal-estar e Subjetividade, Fortaleza, v. 10, n. 1, p. 137-165, mar. 2010. Disponível em .

SILVA, Isabel; PAIS-RIBEIRO, J.L.; CARDOSO, Helena. Porque comemos o que comemos: Determinantes psicossociais da selecção alimentar. Psicologia, saúde & doenças, v. 9, n. 2, p. 189-208, 2008. Disponível em http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?pid=S1645-00862008000200002&script=sci_arttext&tlng=en.

TEIXEIRA, Pedro J. et al. Weight loss readiness in Midlle-aged women: psychosocial predictors of success for behavioral weight reduction. Journal of Behavioral Medicine, v. 25, n. 6, p. 499-523, 2002.




DOI: https://doi.org/10.25112/rco.v1i0.1490

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


............................................................................................................................................................................................................................

Principais indexadores/diretórios: 

Image and video hosting by TinyPic
 
............................................................................................................................................................................................................................
 

e-ISSN: 2176-8501

Licença Creative Commons
A Revista Conhecimento Online segue os critérios da Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Conhecimento Online - Universidade Feevale (Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, Brasil).

............................................................................................................................................................................................................................
 
Desde 16/08/19